Você não odeia política, você odeia politicagem.

Não gosto de me aventurar a escrever sobre política, pois cada um tem suas convicções, o partido com o qual mais se identifica, assim como a corrente de ideias. Entretanto, por ser véspera de eleição e ninguém falar de outra coisa além disso, resolvi fazer um post sobre o assunto.

O vídeo acima reflete bem o cenário político atual que pode ser resumido em uma palavra: politicagem. Exatamente, nossos queridos candidatos não estão preocupados em fazer política, mas em fazer politicagem. Assim que começa o período de campanha eleitoral, todos começam a fazer promessas e mais promessas que, além de não terem a pretensão de cumprir, muitas vezes são completamente inviáveis de serem realizadas por falta de recursos ou outras razões.

Os candidatos à reeleição usam sempre da mesma tática: mostrar o quanto o município (ou o estado, ou o país) evoluiu durante sua gestão, ocultando todos os problemas que ainda persistem ou que surgiram no decorrer do mandato. E o pior, começam inúmeras obras nos últimos seis meses de gestão para poder dizer que, se reeleito, dará continuidade aos projetos (o mesmo vale para apoiar a candidatura de alguém do mesmo partido). Já a oposição está sempre preocupada em apontar todos os pontos negativos da gestão atual, tapando os olhos para todas as melhoras que a cidade teve. Tem também aqueles que você sabe que não vão ganhar, que por não serem de um partido forte aparecem com 2% dos votos nas pesquisas, mas que, ironicamente, parecem ser os mais honestos e talvez a melhor opção.

O que mais me intriga são as pessoas falando: “ah, mas tal candidato fez tal coisa que foi bom pra população”. Ele não fez mais que a obrigação e não merece nenhum crédito por isso. Ele foi eleito para fazer coisas que beneficiem a população, é o trabalho dele. Se não o faz, está descumprindo sua obrigação e merece ser punido por isso. Contudo, parecemos uma massa inerte, que não participa da política, que não cobra quem elegemos. Pagamos uma quantidade imensa de impostos, cada qual direcionada para uma área, não vemos retorno e não questionamos.

Eu perdi a conta de quantas vezes ouvi a frase “eu odeio política” no último mês. Não meu caro, você não odeia a política, você odeia a politicagem, que é justamente o cenário que descrevi acima. A política é uma ciência interessantíssima, da qual nossos governantes fazem pouco caso.

Anúncios

13 pensamentos sobre “Você não odeia política, você odeia politicagem.

  1. Verdade, eu odeio politicagem.
    aqui na minha cidade teve briga entre os partidos eme disseram que até houve tiros, esse ano eu fiz 16 mais resolvi que não iria votar por mais que é um direito e eu poderei reclamar depois eu decidi que só votarei quando estiver mais madura.
    beijos

  2. Concordo 100%. Não existe sociedade sem política. O que revolta mesmo é politicagem… daquela galera que se preocupa apenas com aparentar.
    É triste.

    Sou do DF, então nem acompanho essas votações, porque aqui não tem prefeito. Mas, já vi alguns blogs falando sobre o assunto..

    ;*

  3. Detesto essa galerinha que diz que odeia política e depois reclama que o país está uma droga. É necessário entender pelo menos um pouco para votarmos nas pessoas certas, aí acontece isso: galera achando que votar em branco ajuda em alguma coisa ‘-‘

    Tem post novinho no Sugar Dance, e theme novo também! Corre lá conferir!

    Bjos e bom final de semana =)

    Camilla Martins – sugar-dance.org

  4. uma triste realidade
    enfim tenho medo da politicagem cara aqui onde eu moro é basicamente tudo o que vc falou
    a minha rua estava sem asfalto e nós estavamos a anos brigando pq era so buraco e quando chovia era basicamente lama
    entao há umas duas semanas eles asfaltaram
    é obvio que eu nao votei nele
    ele se ferrou hahahahahaha cansei das palhaçadas desse ultimo prefeito e graças a Deus ele nao reelegeu
    ihiiiiiiiiiiiiiiiiiii
    radiopires.blogspot.com

  5. Primeiro comentário sobre política (ok, politicagem) que eu concordo 100%! Realmente, as campanhas são sempre exatamente do jeito que você falou, e os partidos que aparentemente são honestos não tem muita expressão. O que me entristece é ver partidos que já foram de esquerda, por exemplo, se igualando à oposição que um dia tanto criticaram. Aqui na minha cidade o prefeito não fez uma coisa boa e mesmo assim (talvez por falta de candidato melhor!) foi reeleito. Não gostei. Felizmente, um desses partidos menores teve bastante expressão para vereador aqui, tomara que os ideais dele não mudem.

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net/

  6. ahh, faz sim, é um lugar maravilhoso para fazer lual (ai que sauadades que deu ahuaha)
    que bom que não desconfiaram nada ahuhaua

    “O que mais me intriga são as pessoas falando: “ah, mas tal candidato fez tal coisa que foi bom pra população”. Ele não fez mais que a obrigação e não merece nenhum crédito por isso. Ele foi eleito para fazer coisas que beneficiem a população, é o trabalho dele. Se não o faz, está descumprindo sua obrigação e merece ser punido por isso.”

    você falou algo que eu queria falar!
    eu falo que odeio a política, mas depois desse vídeo, fica mais claro, que o que eu odeio é a politicagem mesmo.

    adorei o post!
    beijos :*
    bom feriado!

  7. É exatamente desse jeito. A política, quando a estudamos, vemos que ela é muito boa, até mesmo bonita por assim dizer. Infelizmente há a politicagem, que faz dela uma coisa feia, e pior, co que as pessoas não queiram conhecê-la.
    Muito interessante.
    Abraços

    • Oi, tudo bem?
      Eu tinha abandonado o blog, mas hoje lembrei da existência dele e me deparei com seu comentário.
      Eu juro que não entendi o porquê da ofensa. Até reli o texto para ver se eu havia tomado partido de alguma ideologia e não, o que fiz foi apenas uma crítica às campanhas políticas que buscam iludir os eleitores para ganhar votos e ressaltei que a ciência política é diferente disso (quando escrevi, lembro que pensei nos textos que eu havia lido de Maquiavel, Thomas Hobbes, etc.).
      Também não entendi o “fazer copy and paste” e não conseguir pensar com minha própria cabeça, visto que eu escrevi minhas ideias na época e apenas postei um vídeo que ilustrava meu pensamento.
      Enfim, isso já faz muito tempo. Eu amadureci muito desde então e espero que você também tenha amadurecido. Porque eu realmente fiquei sem entender a ofensa gratuita que recebi.
      Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s