(Re)Descobrindo minha estante…

Não sei bem definir quais foram as principais pessoas que me influenciaram a gostar de literatura. Meu pai, desde criança tentou fazer com que eu desenvolvesse o hábito de ler. Meu professor de literatura do ensino médio também. Amigos (as) que compartilham desse prazer me despertaram a vontade de adentrar a mesma história à qual estavam imersas. É, acho que acabei definindo quais foram. Mas de nada adianta se cercar por pessoas que leem se você mesmo não tiver propensão a este hábito. Eu mesma gosto de pegar um livro e esquecer por alguns instantes, longos ou curtos, tudo que se passa à minha volta e me colocar no lugar das personagens. Mas a verdade é que faço isso muito pouco, confesso. Contudo, ultimamente, não sei se mais por influência do universo acadêmico ou de outras pessoas, estou tendo a ânsia de buscar livros considerados clássicos. E foi isso que me levou a redescobrir minha estante.

Meu pai sempre deu muito valor aos livros e à educação e não é à toa que temos aqui em casa um cômodo que quase podemos chamar de uma mini-biblioteca pessoal. Porém, quando eu era mais nova não me interessava pelos livros que aqui tínhamos, por achar a linguagem demasiada complexa e chata. Seria de se estranhar se fosse o contrário, visto que eu não era o público alvo daqueles livros. Agora, entretanto, que estou mais amadurecida e cursando uma faculdade que me exige muito a leitura, estou numa loucura (creio que essa seja a palavra correta) para ler livros deste estilo.

Assim, descobri que tenho clássicos da literatura que nem sonhava possuir. Revisitando aquela parte da casa descobri Júlio Verne, Eça de Queiróz, José Saramago, Machado de Assis, Umberto Eco, Victor Hugo, Dostoiévski, Allan Poe, Maquiavel, Bocaccio, Camões, Miguel de Cervantes, Gil Vicente e tantos outros que mal consigo enumerar. Admito que fiquei um pouco decepcionada de não possuir Jane Austen, Stendhal, Tolkien e alguns outros autores. Mas isso não é problema já que a biblioteca da universidade possui estes livros e posso pegá-los emprestados quando quiser.

Enfim, acho que posso concluir com aquela velha frase: precisaria de mais de uma vida para ler tudo que desejo.

Anúncios

9 pensamentos sobre “(Re)Descobrindo minha estante…

  1. Minha mãe sempre diz é preciso ler tudo, seja um jornal ou um livro, antes eu lia infanto-juvenil por causa da linguagem, eu não conseguia ler machado de Assis e esses autores mas de uns tempos pra cá estou conseguindo ler, até quero ler crime e castigo do Dostoiévski. nossa meu sonho e ter uma biblioteca em casa, mas tenho que esperar ter uma casa maior pra fazer uma biblioteca secreta rs.
    beijos

  2. Ah, que isso! Se algum dia for para Alto Paraíso, me fale, mandarei o endereço pra você da Pousada 😀 Muito obrigada! Fico feliz que o seu natal e ano novo tenham sido ótimos 😀

    nossa, realmente, eu sempre gostei de ler, mas teve épocas da minha vida, que nem chegava perto de um livro, agora, que eu estou mais madura, a adoração por livros voltou e eu leio quase um livro por mês, mas confesso, que literatura clássica, ainda não me motiva tanto, gosto bastante do Paulo Coelho, mas não sei bem se é considerado clássico 😀

    http://japona.mairanamba.com

    Bom, se caso recebeu o último comentário, ignore esse ahuahua Porque eu não sei se foi ou não!

  3. Eu não precisaria de uma vida, precisaria apenas de mais dedicação. Espero que esse ano consiga ler vários livros *-* Os autores que você citou são incríveis.

    Tem post novinho no Sugar Dance ❤

    Beijos e tenha uma ótima sexta!

  4. Cara, eu to meio que passando pela mesma coisa. Tá que eu acabei de fazer um post sobre um monte de livros que eu comprei que são modinhas HUEIHUE, mas antigamente na Feira do Livro eu sempre procurava pelo “livro do ano”, os que estavam na lista dos mais vendidos, os que eram melhores recomendados, etc. Na última eu comprei vários clássicos. Acho que isso é um amadurecimento da nossa parte né, apesar de que considero injusto esquecer os livros novos, lol.
    Boa sorte redescubrindo sua biblioteca 😉

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s